STJ entende que concessionária de energia deve indenizar morte provocada por cabo elétrico rompido por disparo de fuzil

Não é possível comentar.